COPO final vertical

Correio Braziliense: Blocos de carnaval do DF vão ter grupo de trabalho para organizar festa

Após reunião com a governadora em exercício do DF, Celina Leão (PP), blocos de rua de Brasília terão um grupo de trabalho para definir a segurança pública e estrutura da festa. principais organizadores estiveram presentes

Pedro Marra postado em 23/01/2023 22:57 / atualizado em 25/01/2023 16:55

Foto: Correio Braziliense

Representantes dos blocos tradicionais de carnaval de rua de Brasília terão um grupo trabalho para organizar a festa em 2023. A decisão foi divulgada em reunião, na tarde desta segunda-feira (23/1), no Palácio do Buriti — sede do GDF —, com a governadora em exercício do Distrito Federal, Celina Leão (PP), juntamente com deputados distritais. 

O deputado distrital Fábio Felix (PSoL) foi um dos parlamentares da Câmara Legislativa do DF (CLDF) que esteve no encontro, e adiantou que o grupo de trabalho será liderado pela Secretaria de Governo (Segov) e Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec) para garantir uma boa estrutura e segurança pública nos dias de festa. “Essa cidade merece um carnaval da democracia, com muito respeito e segurança”, celebra. Veja vídeo do político a seguir.

“Carnaval da paz”

As Secretarias de Fazenda (Sefaz) e de Comunicação (Secom) também estiveram na reunião para dar apoio à decisão. Quem ficou contente com o encontro foi o presidente da Liga dos Blocos Tradicionais de Brasília, Paulo Henrique, que confirmou o anúncio oficial da festa.

De acordo com ele, Celina definiu o tema da festa deste ano como carnaval da paz. “A governadora entende a importância do maior evento público da nossa cidade, colocando todos os órgãos à disposição, garantindo segurança neste momento a qual passamos”, declara Paulo Henrique.

O presidente da liga promete que os blocos vão estar na rua para levar alegria aos foliões. “Vamos levar a nossa diversão para os foliões da cidade, e voltarmos com os nossos desfiles tradicionais. Então, vai ser uma festa linda, como Brasília merece”, conclui. Confira a fala de Paulo no vídeo abaixo.

Apesar do investimento não ter sido assunto na mesa, o GDF deve investir R$ 5 milhões para os blocos de pequeno, médio e grande porte saírem neste ano, conforme o Correio antecipou. Segundo a Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec), o valor foi pago via Fundo de Apoio à Cultura (FAC) com base no edital Brasília Multicultural 1, linha Jeito Carnavalesco. A outra verba vai ser investida por meio dos recursos de emendas parlamentares.
Confira abaixo os blocos de rua que tiveram representantes durante o encontro.

Suvaco da Asa
Raparigueiros
Bloco Baratinha
Bloco Baratona
Bloco Candanguinhos
Bloco Carnapati
Bloco Rebu
Bloco do Amor
Bloco das Montadas
Bloco LGBTS Folia
Bloco Quem Chupou Vai Chupar Mais
Galinho
Bloco Rivotril
Coletivo de Blocos Fora do Armário
Frente Ampla de Blocos de Rua
Liga dos Blocos Tradicionais
Plataforma da Diversidade
Plataforma Praça dos Prazeres
Plataforma No Setor
plugins premium WordPress